​BOLSA AVAE | Arquitectos Voluntários de Apoio a Emergências: OASRS e CM de Monchique formalizam Protocolo

— 05.11.2019

No passado dia 5 de Novembro, numa cerimónia que teve lugar no Salão Nobre da Câmara Municipal de Monchique, a Presidente da Secção Regional do Sul da Ordem dos Arquitectos, Paula Torgal, e o Presidente da Câmara Municipal de Monchique, Rui André, formalizaram a assinatura de um Protocolo tendo em vista o estabelecimento de mecanismos de colaboração para a prestação de apoio às populações e à revitalização das áreas afetadas pelos incêndios ocorridos no dia 3 de agosto de 2018, no concelho de Monchique. Este Protocolo assenta numa partilha de objetivos e interesse comuns e de repartição de responsabilidades e obrigações de ambas as partes e não envolve custos para a OASRS.


O protocolo possibilita que a Ordem coloque à disposição da autarquia o seu programa “Arquitectos Voluntários de Apoio a Emergências (AVAE)” que providencia ao município as qualificações e experiência técnico-profissional de uma Bolsa de arquitetos disponíveis para ajudar na reconstrução do património, como primeiras habitações. Apesar de a adesão à Bolsa AVAE ser voluntária – e no âmbito do Protocolo agora assinado – prevê-se que os técnicos envolvidos sejam ressarcidos pelos serviços prestados, uma vez que a edilidade dispõe de apoio financeiro para Construção e Projecto. As condições específicas serão acordadas pelos Voluntários com a autarquia, e analisados caso a caso.


Lançado em 2017 por iniciativa das Secções Regionais Sul e Norte da Ordem dos Arquitectos no âmbito da sua atribuição de representação da Ordem nas respectivas regiões, este Programa surgiu como uma resposta solidária dos Arquitectos ao flagelo dos incêndios que assolou, nesse ano, o Centro do País.


A Bolsa de Arquitectos Voluntários de Apoio a Emergências – que tem já 150 inscritos – é aberta a todos os membros da Ordem que pretendem colocar ao serviço das populações e das entidades atingidas pelos incêndios as suas qualificações técnicas e experiência profissional, permitindo, desta forma, fazer face à necessária reconstrução do património atingido em situações de catástrofe.


A presença de Arquitectos em situações de emergência, cujos conhecimentos e competências podem contribuir para mitigar situações extremas e oferecer respostas imediatas, contribui para valorizar e dignificar a nossa profissão junto da sociedade em geral e das comunidades afectadas em particular.



IMPRENSA | Notícias sobre o protocolo OASRS Monchique aqui:


in Público

https://www.publico.pt/2019/11/05/local/noticia/arquitectos-voluntarios-vao-ajudar-reconstrucao-casas-ardidas-monchique-1892612


in Sul informação:

https://www.sulinformacao.pt/2019/11/monchique-e-arquitetos-querem-criar-casa-antifogo/


in Espaço Arquitectura:

https://espacodearquitetura.com/noticias/arquitetos-voluntarios-ajudam-a-reconstruir-casas-em-monchique/


in Mundo Português:

https://www.mundoportugues.pt/arquitetos-vao-ajudar-a-reconstruir-casas-ardidas-em-monchique/


in Jornal do Algarve:

https://jornaldoalgarve.pt/monchique-arquitectos-vao-colaborar-na-recuperacao-de-casas-destruidas-pelos-incendios/