CONVITE | OASRS na 10ª Edição do Bairro das Artes, 19 Setembro

— 19.09.2019

EXPOSIÇÃO DA SECÇÃO REGIONAL SUL DA ORDEM DOS ARQUITECTOS CELEBRA A VIDA E A MEMÓRIA DOS BAIRROS LISBOETAS


A partir de 19 de setembro, estarão expostos os trabalhos apresentados no âmbito do desafio lançado pela Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitectos aos seus associados para a 10ª edição da iniciativa cultural Bairro das Artes – incluindo o projecto vencedor, “Bairro das Sombras”, de Catarina Croft, com Amílcar Nunes.


Na próxima quinta-feira, dia 19 de Setembro, pelas 18h00, inaugura a exposição com os trabalhos do Open Call lançado pela Secção Regional do Sul da Ordem dos Arquitectos aos seus associados, no âmbito da 10ª edição do Bairro das Artes. A proposta de Catarina Croft, com Amílcar Nunes, “Bairro das Sombras”, que celebra os bairros como estruturas fundamentais da cidade e relembra os já pouco visíveis estendais de roupa a secar, é o grande vencedor desta edição.

A exposição dos projectos estará aberta ao público na galeria da sede da Secção Sul da Ordem dos Arquitetos (Travessa do Carvalho, 23) no dia 19 de setembro das 18h00 às 22h00, e até 30 de Setembro, nos dias úteis das 10h00 às 18h00.

O Bairro das Artes é uma organização da “Isto não é um Cachimbo - Associação”, sendo um evento de frequência anual, criado em 2010, que visa promover a Arte Contemporânea na Sétima Colina de Lisboa. Atendendo a que a zona entre o Rato e o Cais do Sodré tem a maior concentração de galerias e espaços de arte contemporânea em Lisboa, com actividade regular e programática, esta iniciativa marca a rentrée cultural de Lisboa e é uma referência na arte contemporânea da cidade, ligando os diversos públicos e os vários agentes culturais.


A Secção Regional do Sul da Ordem dos arquitectos participa desde 2017 neste evento e estabeleceu uma parceria com o Bairro das Artes com o propósito de promover a arquitectura e de a fazer chegar ao grande público. À semelhança do que aconteceu em 2018, a Secção Regional do Sul lançou aos seus membros, este ano, o desafio de apresentarem uma proposta de intervenção no espaço público.

O júri presidido pela Artista Plástica Cristina Ataíde e pelos vogais Maria Rita Pais (arquitecta) e Tiago Casanova (artista e arquitecto), reuniu no dia 17 de Junho e, das 9 propostas a concurso, decidiu atribuir a seguinte classificação:


1º Prémio

“Bairro das Sombras”

Catarina Croft com Amílcar Nunes

1ª Menção Honrosa

“Disputa”

Paulo Pina e Frederico Oliveira Vaz

2ª Menção Honrosa

“Espaço mínimo”

Tomás Reis

3ª Menção Honrosa

“Ver com outros olhos”

Cassio Carvalho e Carla Paoliello


No caso da proposta vencedora, o objectivo foi o de ''reavivar a memória de uma cidade. Lisboa. A sua luz, a roupa branca estendida sobre as ruas. As pessoas que vivem nas varandas, na rua, nos espaços interiores. O bairro, os seus acontecimentos. A luz e a sombra. Um teatro de vidas que surge livremente neste pano de cenário que é a cidade'', afirma a arquiteta Catarina Croft, autora do projecto vencedor.

Através de uma estrutura simples de cabos de aço que se apoiam noutras estruturas, os próprios bairros históricos de Lisboa, de onde cai o peso de uma matéria têxtil branca, o projecto “Bairro das Sombras” propõe-se criar momentos de descoberta da cidade e da memória da vida do bairro, propondo um teatro de sombras.


As três instalações do “Bairro das Sombras”, da equipa de arquitectos Catarina Croft e Amílcar Nunes, poderão ser visitadas em três locais de Lisboa:

- Travessa do Cabral, no Cais do Sodré

- Jardim do Príncipe Real

- Galeria da Sede da Ordem dos Arquitectos, na Travessa do Carvalho 23, no Cais do Sodré


Mais informações aqui: https://bairrodasartes.pt/evento/bairro-das-sombras/


Programa 10ª edição Bairro das Artes aqui