• 17.09.2019

    • ​"Dupla exposição: a fotografia e o fotógrafo"

      17 setembro, 16h30 – 18h

      Roca Lisboa Gallery, Praça dos Restauradores, 46, Lisboa

      A Roca e o FG+SG Photography inauguram a exposição de Fernando Guerra, "Dupla exposição: a fotografia e o fotógrafo".

      Fernando Guerra, fotógrafo , abriu há 20 anos o estúdio FG+SG em colaboração com seu irmão. Juntos são responsáveis por uma forma consolidada de difusão da arquitectura contemporânea portuguesa.

      “Esta mostra propõe-se a unir o olhar orgânico, narrativo e contemplativo, que resulta do trabalho que Fernando Guerra produz, à transitividade entre o seu próprio e individual carácter artístico sobre a obra fotografada - que também é projectada através do ritmo do seu método de trabalho, das suas estórias e das suas memórias.”


  • 19.09.2019

    • ​Álvaro Siza Vieira In/Disciplina

      19 de setembro – 2 fevereiro

      Museu de Arte Coontemporânea da Fundação de Serralves


      Exposição organizada pela Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, Porto, com a contribuição do seu Arquivo Álvaro Siza, do Álvaro Siza Fonds do Canadian Centre for Architecture (CCA), Montréal, e do Arquivo Álvaro Siza da Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), Lisboa



      Actividades complementares


      CICLO DE CINEMA:
      CARTA BRANCA A ÁLVARO SIZA Auditório de Serralves
      04 OUT | Sex | 18h00 O ARQUITECTO E A CIDADE VELHA Catarina Alves Costa

      Apresentação por Álvaro Siza
      5 OUT | Sáb | 18h00 A DAMA DE CHANDOR Catarina Mourão

      Apresentação por Catarina Mourão
      6 OUT | Dom | 18h00 JANELA INDISCRETA Alfred Hitchcock

      Apresentação por Nuno Grande
      11 OUT | Sex | 18h00 O APARTAMENTO Billy Wilder

      Apresentação por Luís Urbano
      12 OUT | Sáb | 18h00 VONTADE INDÓMITA King Vidor


      Apresentação por Alexandre Alves Costa

      CONFERÊNCIAS, CONVERSAS E MESA-REDONDA:

      23 OUT OCT | Qua | 18h30 MESA-REDONDA: RELAÇÕES E CUMPLICIDADES ENTRE ÁLVARO SIZA E OS FOTÓGRAFOS DA SUA OBRA
      Conversa com os fotógrafos: Sofia Augusto, André Cepeda, Mark Durden, Luís Ferreira Alves, José Manuel Rodrigues e João Morgado
      Moderação: Pedro Leão Neto
      Co-organização: CCRE/FAUP, Universidade do Porto
      Biblioteca de Serralves

      20, 21, 22 e 26 NOV ÁLVARO SIZA TALKS 2019 — CONVERSATIONS ON ARCHITECTURE Conferência de abertura: Anne Lacaton
      Conferências de: Iñaki Ábalos/Renata Sentkiewicz, Manuel Aires Mateus, H Arquitectes, Paulo David, Mark Lee e Marina Tabassum
      Conferência de encerramento: Jacques Herzog
      Auditório de Serralves

      07 DEZ | Sáb | 10h00—19h00 A EUROPA EM ÁLVARO SIZA — CIDADE, DEMOCRACIA E ARQUITETURA
      Conferências: Alexandre Alves Costa, Carlos Eduardo Comas, Eduardo Souto de Moura e Wilfried Wang Mesa-redonda: Tiago Borges, Cristina Castelo Branco, Miguel Eufrásia, Nelson Mota, Carles Muro, Bruno Silvestre, Eliana Sousa Santos, Stefano Tornieri e Carlotta Torricelli Coordenação: Jorge Figueira, Bruno Gil e Nuno
      Grande Co-organização: Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES/UC) — Projeto (EU)ROPA
      Auditório de Serralves

      VISITAS ORIENTADAS:
      06 OUT | Dom | 12h00 Por Inês Caetano, Serviço Educativo
      26 OUT | Sáb | 17h00 Por Nuno Grande, co-curador da exposição
      23 NOV | Sáb | 17h00 Por Carles Muro, co-curador da exposição
      08 DEZ | Dom | 12h00 Por Carles Muro, co-curador da exposição
      05 JAN | Dom | 12h00 Por João Almeida e Silva, Serviço Educativo
      01 FEV | Sáb | 17h00 Por Nuno Grande, co-curador da exposição

  • 25.09.2019

    • ​À conversa com Ana Tostões

      A arquitecta Ana Tostões convida historiadores e arquitectos para falar sobre o futuro de Lisboa.

      A primeira sessão decorre a 25 de setembro, com a convidada Maria Calado. O evento prolonga-se até 11 de dezembro.


      Outras sessões:

      30 outubro
      João Luís Carrilho da Graça


      13 novembro
      Raquel Henriques da Silva


      11 dezembro
      Gonçalo Byrne


      Sessões no CIUL - Centro de Informação Urbana de Lisboa.

      Informações e inscrições: ciul@cm-lisboa.pt


  • 03.10.2019

    • Trienal de Arquitectura de Lisboa 2019 até 2 dezembro

      Trienal de Arquitectura 2019 - A Poética da Razão


      De 3 de Outubro a 2 de Dezembro 2019
      Dias inaugurais: 3 a 5 de Outubro 2019


      Website


      A 5ª edição da Trienal de Arquitectura de Lisboa é A Poética da Razão. Este título declara que, com todas as suas dimensões subjectivas e não-científicas, a arquitectura está alicerçada na razão, e o seu objectivo é trazer luz à especificidade dessa razão. De facto, essa base na razão e na racionalidade é fundamental para a compreensão da arquitectura, ou seja, para ser partilhável por todos, e não apenas por arquitectos. Mais do que nunca, esta é requisito para definir uma arquitectura para a nossa condição comum contemporânea. Como resultado da massificação da construção – temos construído mais edifícios desde o início do século passado do que em qualquer outra altura na história – todos temos direito a entender a arquitectura sem ter conhecimento prévio especializado nesta área.

      Cada uma das cinco exposições que compõe a Trienal 2019 toma um aspecto ou uma dimensão particular deste tema, numa tentativa de circunscrever o que está em jogo na racionalidade da arquitectura.



      EXPOSIÇÕES:

      MAAT– Central Tejo:

      Economia de Meios investiga o que faz desta categoria ao mesmo tempo uma marca e uma pré-condição para uma arquitectura racional. Recolhendo um grande número de exemplos históricos e contemporâneos, esta exposição propõe uma tipologia dos efeitos da economia de meios até aos nossos dias, questionando os que podem ser explorados hoje.
      Curadoria: Éric Lapierre

      CCB – Garagem Sul:

      Agricultura e Arquitectura: Do Lado do Campo reflecte acerca de um movimento ambiental que, há mais de quatro décadas, tem sistematicamente explorado as hipóteses de uma diminuição no consumo de energia e suas consequências no redesenhar e na manutenção dos territórios. Numa tentativa de voltar a ligar arquitectura e agricultura, esta exposição vai sublinhar algumas das lições que os arquitectos e urbanistas de hoje podem retirar desta escola de pensamento e acção.
      Curadoria: Sébastien Marot

      MNAC – Museu Nacional de Arte Contemporânea:

      Espaço Interior investiga de que maneira a imaginação criativa tem sido historicamente alimentada por um confronto contínuo com o pensamento racional e de que maneira arquitectos e artistas de diferentes épocas conceberam sistemas racionais para materializar os seus universos visuais, físicos e mentais. Esta exposição tenta ilustrar como a imaginação na arquitectura estabelece os alicerces para qualquer trabalho nesta disciplina, de tratados clássicos à internet e aos videojogos.
      Curadoria: Mariabruna Fabrizi e Fosco Lucarelli

      Culturgest:

      O Que é o Ornamento? pensa a maneira como, depois do Movimento Modernista banir o ornamento da arquitectura, esta ideia e as suas problemáticas ganharam fôlego desde o pós-guerra, e tornaram-se cruciais nos dias de hoje para a produção racional de arquitectura de excelência. Esta exposição irá explicar através de uma série de secções temáticas que mostrarão a produção histórica e contemporânea, como o ornamento nunca desapareceu completamente e em que condições existe hoje como questão relevante.
      Curadoria: Ambra Fabi e Giovanni Piovene


      Palácio Sinel de Cordes:

      Beleza Natural olha para a maneira como a racionalidade construtiva tem estado há muito no centro da arquitectura, e como ainda pode ser relevante na produção contemporânea em Lisboa para criar uma arquitectura orgânica, como se fosse um sistema onde as partes estão ligadas umas às outras. Esta exposição incluirá trabalhos seleccionados a partir do Concurso Prémio Universidades Trienal de Lisboa Millennium bcp.
      Curadoria: Laurent Esmilaire e Tristan Chadney


      Talk, Talk, Talk:

      Momento importante da Trienal que acontecerá durante a semana de encerramento, dias 28, 29 e 30 de Novembro. Três dias de conferências e debates, num programa que nasce dos temas das várias exposições, e que irá trazer reflexão e investigação, por meio de agentes de renome do panorama internacional de arquitectura. As conversas vão ser realizadas na Fundação Calouste Gulbenkian, e a experiência e o pensamento não acabam aqui: os debates são seguidos de jantares e concertos especiais.


      Projectos Associados:

      Uma produção independente, rica, de grande relevância e valor, tão essencial para os mecanismos culturais vivos da cidade. Convidámos projectos expositivos, workshops, conversas, e este ano também eventos de cinema ou música, que lidam com problemáticas da arquitectura e estão interessados na efervescência do debate, a juntarem-se à energia da Trienal 2019. No total, são 12 os projectos associados que fazem parte desta edição.

      Apresentações do Programa:

      Em 2019 “A Poética da Razão” continua a ser apresentada a convite de diferentes instituições culturais da Europa: em Helsínquia, a 1 de Abril, através da Archinfo; a 6 de Abril em Cork, na Irlanda, no fórum “Curating Architecture”; a 22 de Maio em Paris, a convite da Delegação Francesa da Fundação Calouste Gulbenkian e em Barcelona, a 3 de Junho, com a equipa curatorial reunida na Fundació Mies van der Rohe.

      Em 2018 o programa foi apresentado em Lisboa, a 24 Abril, numa torre de escritórios em construção em Picoas, no projecto FPM41 de Barbas Lopes Arquitectos. A 23 de Maio, na semana de abertura da Bienal de Arquitectura de Veneza, fizemos um evento muito especial que juntou, à apresentação da Trienal 2019, uma performance única de Thurston Moore numa localização peculiar - o terraço que de uma casa desocupada com uma vista panorâmica para a Punta della Dogana e a Laguna di Venezia.


  • 05.10.2019

    • ​Exposição “Agricultura e Arquitectura: do lado do campo”

      CCB, Praça do Império, Lisboa (Garagem Sul)

      De 5 de outubro a 16 de fevereiro de 2020

      Terça a domingo das 10h às 18h

      Integrada na Trienal de Arquitectura de Lisboa 2019, uma exposição comissariada por Sébastien Marot, centrada no conceito de permacultura. Está organizada "como uma tentativa didáctica e reflexiva para voltar a relacionar a arquitectura com a agricultura" e "apresenta algumas das lições que os arquitectos e urbanistas contemporâneos podem retirar desta escola de pensamento e acção".


  • 29.10.2019

    • Exposição "A História da Casa- Reflexão" até 15 dez

      Enquadrada nas celebrações dos 20 anos da Ordem dos Arquitectos, inauguramos a exposição A História da Casa – Reflexão, na próxima terça-feira, 29 de outubro, às 19h (Sede da Ordem dos Arquitectos).

      A exposição reúne os principais momentos-chave das duas últimas décadas, apresenta alguns dos acontecimentos relevantes ocorridos na sociedade que influenciaram directamente a prática dos arquitectos, os esforços desenvolvidos ao longo dos anos para que a profissão fosse reconhecida pela sociedade, os Dirigentes Associativos da Secção Regional do Sul da Ordem dos Arquitectos, algumas das actividades mais relevantes assim como, alguns dados fornecidos pelos Serviços desta Secção.

      A exposição parte da análise dos 20 anos de actividade (1998-2018) numa perspectiva de reflexão sobre o futuro.


      A exposição pode ser vista até 15 dezembro.


      Local: Sede da OA em Lisboa
      Hora: 19h
      Data: 29 outubro (inauguração)

      Entrada livre.


      Inauguração : Tem entrada gratuita mediante inscrição para: cultura@oasrs.org


  • 06.11.2019

    • II Ciclo de Palestras: Depois de Abril de 1974, o que mudou na Investigação em Arquitectura & Urbanismo

      II Ciclo de Palestras: Depois de Abril de 1974, o que mudou na Investigação em Arquitectura & Urbanismo desenvolvida no LNEC?


      Várias datas | Organização: Patrícia Bento d'Almeida e Teresa Marat-Mendes

      Oradores
      6 de Novembro | Auditório JJ Laginha | Edf. Sedas Nunes
      Fernando Gonçalves

      13 de Novembro | Auditório B2.03 | Edf. 2
      José Aguiar

      20 de Novembro | Auditório Afonso de Barros | Edf. Ala Autónoma
      João branco pedro

      4 de Dezembro | auditório Afonso de Barros | Edf. Ala Autónoma
      Helena Roseta

      18 de Dezembro | auditório Afonso de Barros | Edf. Ala Autónoma
      José Manuel Pinto Duarte

      Data e local a confirmar
      Vítor Campos

      (Aguarda-se a confirmação de outros oradores)





      O II Ciclo de Palestras: Depois de Abril de 1974, o que mudou na Investigação em Arquitectura & Urbanismo desenvolvida no LNEC? tem como base uma investigação de pós-doutoramento em curso, subordinada ao tema O LNEC e a História da Investigação em Arquitectura (SFRH/BPD/117167/2016).

      No seguimento de um outro ciclo anteriormente organizado – I Ciclo de Palestras: Investigar Arquitectura & Urbanismo no LNEC (2018) –, focado nos primórdios da investigação científica em Arquitectura e Urbanismo desenvolvida na Divisão de Construção e Habitação do LNEC, impõe-se agora dar a conhecer o que mudou na investigação em Arquitectura e Urbanismo após a Revolução dos Cravos, particularmente naquela que foi desenvolvida nas subsequentes unidades orgânicas deste instituto público de ciência e tecnologia.

      Neste II Ciclo de Palestras propomos mais uma vez revisitar a investigação em Arquitectura e Urbanismo desenvolvida no LNEC através da palavra daqueles que a desenvolveram. Urge conhecer os novos temas desenvolvidos, as metodologias de investigação aplicadas, os contactos estabelecidos com outros centros de investigação nacionais e estrangeiros e o proveito que cada um dos investigadores deu aos conhecimentos adquiridos com a(s) pesquisa(s) levada(s) a cabo no LNEC e, posteriormente, aplicadas na vida profissional.

      Decorridas cinco décadas desde o impulso dado pelo arquitecto Nuno Portas para a criação de uma equipa capaz de expandir, entre engenheiros, a pesquisa científica nos domínios da Arquitectura e do Urbanismo, verificamos a sua continuidade até aos nossos dias.

      Através desta iniciativa de entrada livre propomos que venha escutar o testemunho de alguns dos arquitectos-investigadores do LNEC para uma melhor compreensão e actualização da História da Ciência da Investigação, da Arquitectura e do Urbanismo em Portugal.

  • 11.11.2019

    • Exposição Heritage and Gis – When Past and Future meet in Architecture teaching

      O património azulejar, religioso e industrial da Covilhã vai estar em exposição, de 11 de novembro a 8 de dezembro na Galeria Tinturaria através de uma mostra documental de alunos de arquitetura da UBI intitulada “Heritage and Gis – When Past and Future meet in Architecture teaching”.


      Trata-se de “um convite à reflexão e à descoberta do património público tendo em conta o seu enquadramento na história, no tempo e no espaço”.


      Tinturaria - Galeria de Exposições

      11 de novembro - 8 dezembro



  • 16.11.2019

    • ​Apresentação do ‘Arquivo Diogo Seixas Lopes’

      A Dafne edita o livro ‘Arquivo Diogo Seixas Lopes’ “que reúne todos os artigos e textos avulsos publicados pelo arquitecto ao longo da sua vida. O livro é apresentado em Lisboa (16 de novembro), Porto (21 de novembro) e Zurique (22 de novembro).

      16 de novembro, 17h

      Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, sala um
      com a participação de Maria João Guardão, Gonçalo Byrne, Ricardo Pedroso Lima, Jorge Figueira e Fernanda Fragateiro

      21 de novembro, pelas 21h30

      Porto: cinema passos manuel

      com a participação de Mark Lee, Teresa Novais e Pedro Bandeira

      22 de novembro, pelas 19h00

      Zurique: never stop reading

      com a participação de Christoph Gantenbein e Victoria Easton


      Mais informação



  • 23.11.2019

    • Riscar a arquitectura – Encontro Diários Gráficos

      23 novembro de 19

      Riscar a arquitectura – Encontro Diários Gráficos

      Galeria da vila medieval de Ourém

      Pretende-se com este encontro lançar novos olhares sobre edifícios e conjuntos urbanos de grande riqueza histórica e arquitectónica, promovendo a observação e as técnicas de registo da arquitectura, e simultaneamente proporcionar a oportunidade de visitar estes locais.


      O Encontro “Cadernos de Viagem de Ourém, Riscar a Arquitectura” é uma sessão de desenho à vista e de fotografia de pormenor tendo por ambiente exemplares de arquitectura de excelência, e na sequência promover acções de discussão, divulgação e exposição dos resultados obtidos.

      Esta iniciativa conta com a colaboração da Delegação do Centro da Ordem dos Arquitctos Secção Regional Sul, da Direcção Geral do Património Cultural e dos Urban Sketchers Portugal.

      PROGRAMA:
      10:00H: Sessão de Desenho Urbano
      13:00H: Almoço convívio
      14:30H: Continuação dos trabalhos de Desenho Urbano
      16:00H: Inauguração da Exposição “(a)Riscar o Património”

      Iniciativa com a colaboração da Delegação do Centro da OARS – Ordem dos Arquitectos, Secção Regional Sul e a DGPC – Direcção Geral do Património Cultural.


      Acesso gratuito.
      Inscrição prévia através do Museu Municipal de Ourém.
      Horário: terça-feira a domingo das 09:00h – 13:00h | 14:00h – 17:00h.
      Contactos: tel.: 249 540 900 (6831)
      tlm: 919 585 003 | 910 502 917
      museu@cm-ourem.pt | www.museu.cm-ourem.pt