Laboratório em Beja vai explorar arquitectura do Bairro dos Alemães

— 23.05.2018


Vai decorrer nos dias 25 a 29 de Junho, em Beja, o Laboratório de Arquitectura "Torre para Solteiros - a arquitectura do Bairro dos Alemães", que durante quatro dias vai promover um workshop, aulas abertas e visitas a obras, envolvendo os arquitectos Rui Mendes, Manuel Faião, Pedro Botelho, Luís Ferro, Ana Vaz Milheiro, Ricardo Bak Gordon e António Guerreiro. A OASRS é parceira do evento, estando disponível um desconto de 20% para membros interessados em participar. As inscrições decorrem até ao dia 8 de Junho.


De acordo com os promotores do Laboratório, patrocinado pela Fundação Millennium BCP, "o Bairro dos Alemães em Beja é um segredo por desvendar. A qualidade urbana e arquitectónica do conjunto constituído nos anos 1960 e que chegou até nós, corresponde a uma pequena parte do Plano previsto e projectado. Este património militar, desenhado com a finalidade de albergar o contingente militar residente e em trânsito a partir da Base Aérea nº 11, contém um conjunto de tipologias de espaço que é urgente identificar".


O Bairro foi "constituído como parte integrante de um acordo entre Portugal e a Alemanha na sequência do uso da Base Aérea, e contém no seu espaço original, um plano elaborado pelo eng. Costa Lobo, um grande conjunto de edifícios de uso colectivo: escolas para todos os níveis de ensino, cinema, igreja, um hotel, um restaurante, núcleo comercial, hospital militar, heliporto e campos desportivos. Alguns destes equipamentos chegaram a ser construidos, outros ocupavam os cerca de 90 hectares que não foram usados em virtude da cessação do contrato com a República Federal da Alemanha. É particularmente relevante na história da construção do Bairro dos Alemães o grupo de arquitectos portugueses que projectou as várias unidades do Bairro", lê-se na introdução.


O Laboratório de Arquitectura vai decorrer num espaço reservado no Bairro dos Alemães onde decorrerão as conferências em regime de aula aberta, apresentações com convidados e a exposição final dos trabalhos com edição de um caderno de workshop. O desenvolvimento dos trabalhos de Projecto é complementado com visitas programadas: obras, caminhadas e reconhecimento do território, estando previstas visitas a obras de Keil do Amaral, Cristino da Silva, Hestnes Ferreira, Fernando Silva e Alberto Oliveira/Farelo Pinto.


Para beneficiarem do desconto de 20% na inscrição (que fica em 44 euros com conferências e visitas incluídas), os arquitectos membros da OASRS em efectividade de direitos devem enviar um email para casasaereas.workshop@gmail.com até 8 de Junho, indicando o número de membro.


Toda a informação em https://www.casasaereasworkshop.com/