Exposição "Carrilho da Graça - Lisboa"

— 13.07.2017

A presidente da Ordem dos Arquitectos – Secção Regional Sul, Paula Torgal, marcou presença na inauguração, em Tomar, da exposição antológica dedicada ao trabalho de João Luís Carrilho da Graça.

“Carrilho da Graça – Lisboa” pode ser vista no convento de Tomar (igreja do castelo templário) até 15 de setembro. A exposição, que tem o apoio da Delegação do Centro da Ordem dos Arquitectos, ilustra cerca de três décadas de intervenções de Carrilho da Graça na capital.

A exposição esteve inicialmente no CCB, com pontos de passagem pelo Museu de Arquitectura Leopoldo Rother (Bogotá), Museu da Casa Brasileira (São Paulo), Museu Marítim de Barcelona. Actualmente está também no Centro de Exposições SUBTE (desde 29 de junho até 6 de agosto), em Montevideu.

João Luís Carrilho da Graça nasceu em Portalegre (1952) e licenciou-se na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa (1977). Foi assistente da Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa (1977-1992) e é professor convidado de departamento de arquitectura da Universidade Autónoma de Lisboa e da Universidade de Évora.

Muitas das suas intervenções marcam decisivamente Lisboa (Escola de Música, Centro de Informação e Documentação do Palácio de Belém, Museu do Oriente, entre outras), o seu trabalho foi galardoado com muitas distinções, entre as quais o SECIL, 1994; Valmor, 1998 e 2010 ou o Piranesi, 2010, e recebeu diversas condecorações de instâncias nacionais e internacionais.