Concurso Centro de Actividades de Leiria: uma oportunidade perdida

— 21.04.2017


A Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitectos lamenta o desfecho do Concurso público de concepção para a elaboração do projecto de arquitectura e especialidades do Centro de Actividades Municipal de Leiria, publicado no DR nº44 no passado dia 2 de Março.

A apresentação de apenas duas propostas a concurso ilustra os problemas apontados na análise efectuada pela OASRS aos elementos que integravam o Processo do Concurso e que foi enviada para a autarquia no passado dia 9 de Março. Na altura, alertamos para o facto de o procedimento estabelecer condições de acesso à encomenda pública e exercício da actividade profissional da arquitectura que não se coadunavam com o consciente, regular e responsável exercício da profissão. Solicitamos ainda uma reunião com a Câmara Municipal de Leiria para esclarecer alguns pontos, mas não obtivemos, até à data, qualquer resposta.

Face à notoriedade da obra, a OASRS lamenta a oportunidade perdida para a cidade, para a arquitectura e para os arquitectos, de contribuir com uma proposta com condições e regras para o responsável exercício da profissão.

Não obstante, o Serviço de Concursos da OASRS reforçou o pedido de reunião com a autarquia no sentido de colocar à sua disposição a reconhecida experiência e conhecimento que possui nestas matérias, na expectativa de que a colaboração entre a entidade promotora e a Ordem dos Arquitectos seja, no futuro, uma mais-valia para a dinamização, divulgação, participação e transparência destas iniciativas de relevância ímpar na prática profissional dos arquitectos.

Consulte aqui a análise da OASRS ao Concurso